DOOM_capa

Inteligência Artificial supera humanos, no DOOM!

Você se considera um bom jogador de games First Player Shooter, o FPS ou jogo de tiro? Que tal disputar um multiplayer contra a máquina? Bom, isso na verdade já ocorre em jogos que adicionam bots no meio da partida, como o Titanfall. Mas estamos falando aqui de outro tipo de jogo.

Dois estudantes da Carnegie Mellon University, nos Estados Unidos, Guillaume Lample e Devendra Singh Chaplot, passaram quatro meses trabalhando em um programa de inteligência artificial (IA) que é capaz de derrotar jogadores humanos em partidas de DOOM (1993), um dos títulos geradores do estilo FPS. O programa estreou em VizDoom, uma competição voltada para a inteligência artificial, ficando em segundo lugar, batendo inclusive jogadores humanos.

Até aí nada de anormal né? O incrível é que o programa faz isso “olhando” para a tela. Sim, exatamente como um jogador humano! O programa interpreta o que captura na tela ao invés de seguir instruções pré-programadas. Em resumo, ele “aprende” sozinho! Apesar desse tipo de programa não ser novidade, DOOM é com certeza o jogo mais complicado que algum tipo de IA foi capaz de aprender.

Os criadores agora passaram para o Quake, outro clássico dos jogos de tiro, o que será muito interessante, já que o ambiente 3D desse jogo é muito mais complexo. Se alguma IA for capaz de algum dia zerar o Battletoads & Double Dragon faltará muito pouco para as máquinas dominarem o mundo, amiguinhos.

Se interessa pelo assunto, gostou da informação ou quer contribuir com algo que esquecemos? Os comentários estão à sua disposição!

Ah, você também curte novidades, variedades e muita piração? Acesse o canal dos bocós, o Bocó Repórter, para encontrar muito mais disso aí!

 

Fonte: games.slashdot
Imagem: metalinjection

Caroline Kurovski View more

Finalmente formada em Comunicação Social, é fã do canal devinsupertramp, anseia em aprender o nome do vento e sonha em morar no ônibus mágico em meio a imensa natura selvagem do Alasca!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *